×

REGIÕES

Curitibanos Frei Rogério Ponte Alta do Norte São Cristovão do Sul São João Batista

NOTÍCIAS

Expocentro Esporte Fique Ligado Segurança Santa Catarina Brasil
Reflexões Insólitas

Uma mosca mexe o rabo do cavalo?

Há coisas que eu posso e, coisas que eu não posso mudar. É só cada um que pode modificar certas situações desagradáveis em sua vida! O que precisamos primeiro, é fazer as pazes com a vida, com a nossa vida, do jeito como ela é. De nada serve angustiar-se, viver contrariado e sofrer com a vida que se está levando. Lamentar e vociferar contra a própria vida, é o mesmo que gritar para o mar parar de fazer ondas! Nada resolve! Devemos aceitar nossa vida como ela é, aceitar as pessoas e as coisas como elas são, assertivamente. Isso é sabedoria. Aceitar a vida com assertividade, é saber não negar a realidade, mas agir para melhorá-la.

O fato de não me aceitar como sou, de não aceitar as pessoas e as coisas como elas são, e não aceitar o mundo como ele é, demonstra desequilíbrio. Se estou desequilibrado, há alguma coisa errada comigo, porque todas as coisas são como são. Muitas vezes se ouve: - eu queria mudar tudo! Gente! Há coisas que eu posso mudar e coisas que eu não posso mudar. Devo mudar aquilo que eu posso e, aceitar o que não posso mudar. Não posso mudar os outros! Só o que eu posso mudar, sou eu mesmo.

Se consigo mudar um pouco para melhor, o mundo já fica um pouco melhor! Quer saber? Se a TV ou o computador apresentam alguma falha, já ficamos perturbados, desequilibrados. Depois verificamos que era apenas um fio com mau contato. Até um fio desconectado nos desequilibra emocionalmente, né mesmo? Tem gente que até briga com o pernilongo no quarto. Claro que pernilongo incomoda, precisamos saber proteger-nos. Até um pernilongo muitas vezes nos desequilibra! Imagine! Tu sabes que uma simples mosca “mexe” o rabo do cavalo? Deixa os outros cuidarem de suas vidas e, vamos cuidar da nossa.

Combinado? Cada um cuida da sua! Sabias que é mais fácil ensinar uma vaca dançar balé que mudar os outros? Então: chega de cobranças, chega de malhar os outros! Chega de irritar os outros! Chega de irritar-nos com os outros! Na verdade, não são os outros que nos irritam, somos nós que nos irritamos com os outros, não é verdade? É sábio evitar o que perturba sua paz! Então, não é a mosca que mexe o rabo do cavalo, é o cavalo que se irrita e mexe o rabo por causa da mosca.  

Comentários

Carregando do Facebook...
Vídeos da Semana

Polícia Civil investiga corpo encontrado

15/05/2022

Giro Policial - Edição 13/05

15/05/2022

Últimas Notícias