×

REGIÕES

Curitibanos Frei Rogério Ponte Alta do Norte São Cristovão do Sul São João Batista

NOTÍCIAS

Esporte Fique Ligado Segurança Santa Catarina Brasil
Dirigindo no Via

Terceira luz de freio, beleza e segurança

Um acessório simples, porém, comprovadamente eficaz na segurança, já que proporciona um ponto a mais de visualização ao veículo que vem logo atrás, alertando que este acionou o freio e pode parar a qualquer momento. Atua de modo preventivo e contribuí para que não haja colisão traseira, uma vez que fixada numa posição elevada em relação as luzes de freio “normais” do carro, possibilita a visualização em maior distância antecipadamente.

Até início da década de 90, poucos modelos dispunham deste equipamento de série, somente alguns de luxo ou esportivos, por exemplo o Santana EX, lançado no final de 1989. Como outros modelos não ofereciam o equipamento, passou-se a oferecer o break light à venda como acessório por fabricantes independentes, modelo universal (peça sem aplicação específica, destinado a qualquer modelo) em lojas especializadas e auto center’s.

Nos países de primeiro mundo já era obrigatório a terceira luz de freio sair de fábrica em todos os modelos. No Brasil ela veio bem mais tarde, quase duas décadas, mais quase duas décadas mais tarde. Em 2007 foi publicada a resolução 227, do CTB, determinou que os veículos fabricados a partir de janeiro de 2009 trouxessem como equipamento de série a terceira luz de freio, posicionadas no vidro traseiro, alguns na parte inferior e a maioria na parte superior do mesmo. Vale lembrar que nos carros anteriores a 2009 não é obrigatório.

A presença do break light no carro não exime a obrigatoriedade das luzes de freio principais também estarem em funcionamento. Veículo com sistema de iluminação defeituoso, uma lâmpada queimada, por exemplo é infração média e rende 4 pontos na CNH e multa de R$ 130,16, ou seja, vale verificar de tempo em tempo se as luzes de freio, lanternas, piscas e faróis estão em ordem, pois trocar uma lâmpada custa em média R$ 50.00, menos da metade do valor da multa, além de que o veículo pode ser retido até o devido reparo. Mesmo que o código de trânsito não especifique a terceira luz de freio nas infrações, o ideal é manter todas em perfeito estado para evitar dor de cabeça ou quem sabe até uma colisão traseira.

Comentários

Carregando do Facebook...
Vídeos da Semana

Vacinação contra a Covid-19 de crianças de 5 a 11 anos com deficiência ou comorbidades

18/01/2022

Com aumento de casos de Covid-19, prefeitura reorganiza atendimentos

06/01/2022

Últimas Notícias