sábado, 08 de agosto de 2020

Notícia

Relações Amorosas

Sublimar o amor e condenar prazer, por que isso? O amor e as relações amorosas são forças poderosíssimas que movem os seres humanos. Há uma necessidade empírica de amar e ser amado (a), desejar e ser desejado (a). Esse sentimento, inspira artistas e poetas, provocam insônias e êxtases, enlouquecem os casais, produz prazeres e lágrimas até! O amor manifesta-se e age no plano psicológico, emocional e físico. O amor transforma as pessoas. Nas ligações amorosas não existem regras, acontecem. Todos nós precisamos de relacionamentos, de ligações amorosas. O amor, o afeto, o carinho, a dedicação, a entrega, embala corações.

A força do amor, a simpatia, a graças, a sensualidade, a busca do prazer, são fontes atraentes sedutoras. O amor é a força universal da atração, impulsionando os seres para encontros e união. O amor alegra, diverte e domina. A paixão incendeia corações! O desejo de relações amorosas torna as pessoas criativas na busca de seu complemento, união de almas e corpos. Os humanos atraem-se num eterno anseio de união. Os desejos físicos são atraentes, é tendência natural do ser humano. O fluir da energia amorosa gera atrevimentos e a êxtases divertidos diretos, entre aqueles que se desejam e se querem.

O amor é força atraente misteriosa e poderosa. Os instintos amorosos são ímãs de encantamentos para encontros e fusão de almas. Pessoas que física e emocionalmente atraem-se pelas afinidades, complementam-se. Nas relações prazerosas ambos são valorizados, é dando que se recebe. É sentindo os prazeres do amor terreno que podemos vislumbrar os prazeres do Amor Divino. As plantas, os pássaros, os mosquitos, os peixes, as mulheres e os homens e todos os demais animais da terra e da água, existem e se perpetuam graças à magia do amor! A “moral” social e religiosa vê, muitas vezes, esse amor como tabu. O amor é vida e dá prazer. O “sabor” do êxtase do amor transporta a níveis elevados de energia prazerosa de plenitude e prazer salutar. O amor move o mundo. Amor é vida! Amar é viver!

 
 
 
 
 

Odir Antonio Lehmkul

Reflexões Insólitas

Professor e Radialista, agora aposentado. É Acadêmico - Membro da Academia de Letras de Balneário Camboriú – ALBC – Ocupante da Cadeira nº 20. Também Membro da União Brasileira de Trovadores – UBT. Autor de Livros - A Capacidade de Ser Livre, Vol. 1 e Vol. 2 - Projeto Preventivo, Formação de Agentes Multiplicadores e Guia do Mestre. - A SAGA – Uma Viagem Inesquecível - O Meu Tempo de Menino – Autobiográfico Memorialístico