×

REGIÕES

Curitibanos Frei Rogério Ponte Alta do Norte São Cristovão do Sul São João Batista

NOTÍCIAS

Expocentro Esporte Fique Ligado Segurança Santa Catarina Brasil
Segurança

PM de Tijucas esclarece supostos sequestros

Por fim qualquer situação relacionado a sequestro ou tentativa de sequestro deverá ser repassada imediatamente a Polícia Militar e Polícia Civil para a apuração devida.Foto: Lineu Filho/Tribuna do Paraná.

No últimos dias esta sendo divulgado tanto pela imprensa local como por diversos cidadãos da cidade de Tijucas que supostos criminosos estariam sequestrando ou tentando sequestrar crianças em diversos bairros. Inicialmente vale esclarecer que o último sequestro no Estado de Santa Catarina ocorreu a um mês atrás na cidade de Florianopolis e uma suposta tentativa de sequestro foi registrado num boletim de ocorrencia no dia 08 do corrente mês, porém sem provas documentais ou materiais de tal fato.

A Polícia Militar ainda informa que não há nenhum registro de ocorrência relacionada a esse tipo de crime nos últimos dias na cidade de Tijucas e também que nenhuma vítima registrou tal situação na Polícia Militar. Essa situação de supostos sequestros está sendo divulgado também nas cidades de Balnéario Camboiru, Florianópolis e Blumenau.

A Polícia Militar pede que não seja repassado esses supostos áudios de pessoas falando sobre sequestro pois eles são falsos e criam situações de pânicos entre as pessoas, inclusive surgindo casos de agressões em vitimas como numa situação ocorrida a pouco contra um motorista de um carro fiorino, e além do que a propagação de notícias falsa constitui crime.

Por fim qualquer situação relacionado a sequestro ou tentativa de sequestro deverá ser repassada imediatamente a Polícia Militar e Polícia Civil para a apuração devida.

*Assessoria de Comunicação - Polícia Militar de Tijucas. 

Grazielle Delfino

Comentários

Carregando do Facebook...
Vídeos da Semana

Informativo municipal - Edição 08

29/06/2022

Informativo municipal - Edição 07

22/06/2022

Últimas Notícias