×

REGIÕES

Curitibanos Frei Rogério Ponte Alta do Norte São Cristovão do Sul São João Batista

NOTÍCIAS

Esporte Fique Ligado Segurança Santa Catarina Brasil
Carreira e Empreendedorismo

Novembro: o mês da Black!

 Inicialmente surgindo como Black Friday (termo americano), no Brasil foi sendo adaptado, e trouxe promoções não só na última sexta-feira do mês, mas também durante a última semana, e até no mês inteiro. A Black movimenta comerciantes e consumidores. Ambos devem estar preparados para esta data. Acompanhe dicas para ter sucesso nos negócios!

              A Black Friday teve origem nos Estados Unidos. Seu significado na tradução livre é Sexta-feira negra. É uma promoção das lojas americanas, feita na última sexta-feira de Novembro, uma semana após o Dia de Ação de Graças. Já no Brasil, esta adesão vem ao encontro do pagamento da primeira parcela do 13º Salário, o que injeta uma quantia considerável de dinheiro no mercado.  

              Nos EUA, neste dia, muitas empresas concedem folga aos funcionários. Aproveitando esta situação, o dia foi se tornando propício para grandes promoções do varejo, inclusive, tendo em vista o final de ano, e última oportunidade de grandes vendas antes do Natal.

              Já no Brasil, é utilizado também como data para grandes promoções. Tanto na sexta-feira ou nas últimas semanas de novembro.

             Dicas para as empresas:

- Todas as ações devem ser planejadas com bastante antecedência

- Ser criativo e inovador, pois a cada ano cresce o número de empresas que aderem à Black Friday

- Fazer promoções viáveis e que não comprometam os custos da empresa

- Promover uma grande divulgação

- Prever estrutura para a campanha (funcionários, logística, produtos).

- Análise cadastral (forma de pagamento, crédito)

- Prever a reposição de estoque posterior a grande venda

              Dicas para os consumidores:

- Fique atendo às promoções

- Não comprometa muito sua renda e não se deixe levar pelo consumismo.

- Compre de empresas confiáveis

- Prestigie o comércio local. Só compre fora produtos que realmente não encontra na cidade.        

Todos ganham, pois os impostos retornam para a comunidade. O comércio local gera empregos e abastece a economia.

 - Cuidado com ofertas pela internet. Alguns sites são falsos, imitam lojas verdadeiras, e não entregam mercadoria. As lojas confiáveis geralmente possuem selos de autenticidade em suas páginas, e também é possível ligar para o telefone de loja confirmando a autenticidade dos produtos e após finalizar o pagamento.

 Aproveite a Black !  Bons negócios!

Comentários

Carregando do Facebook...
Vídeos da Semana

Vacinação contra a Covid-19 de crianças de 5 a 11 anos com deficiência ou comorbidades

18/01/2022

Com aumento de casos de Covid-19, prefeitura reorganiza atendimentos

06/01/2022

Últimas Notícias