sábado, 08 de agosto de 2020

Notícia

Interessados em se candidatar aos cargos devem apresentar documentação solicitada até as 12h do dia 4 de agosto de 2020. Foto: Divulgação.

Município de São João Batista abre chamada pública para contratação emergencial de médicos e condutor de ambulância

A administração municipal de São João Batista informada que está aberto o Edital de Chamada Pública n° 05/2020 para a contratação emergencial de quatro médicos gerais (dois para carga horária semanal de 20h e dois para 40h) e um condutor de ambulância (40h), além de formação de cadastro de reserva. As inscrições podem ser efetuadas gratuitamente até as 12h da próxima terça-feira (04/08).

Os interessados devem enviar a documentação solicitada para o e-mail rh@sjbatista.sc.gov.br ou, então, entrega-la diretamente no Departamento de Recursos Humanos da Prefeitura Municipal. O processo de seleção será constituído por Prova de Títulos, que levará em consideração escolaridade, tempo de serviço na área de saúde e cursos de aperfeiçoamento. A íntegra do edital está disponível no site www.sjbatista.sc.gov.br.

Por conta do estado de emergência de saúde pública decorrente da pandemia de coronavírus, não serão permitidas inscrições de candidatos (as) com idade igual ou superior a 60 anos que apresentem comorbidade. Assim como de gestantes e lactantes, portadores de doenças respiratórias crônicas ou comprometedoras de imunidade e responsáveis pelo cuidado ou que coabitam com uma ou mais pessoas com confirmação de diagnóstico de infecção por Covid-19.

As remunerações mensais para os cargos de Médico Geral são de R$ 5.077,04 e R$ 10.154,08 para cumprir, respectivamente, cargas horárias semanais de 20h e 40h. Já para Condutor de Ambulância, os vencimentos correspondem a R$ 1.290,06. Todos os cargos terão ainda direito à adicional de insalubridade.

O processo de seleção será válido para o ano de 2020, com os contratos temporários sendo firmados, de acordo com a necessidade e conveniência da administração municipal, por prazo determinado de seis meses. Os vínculos poderão ser desfeitos caso a necessidade emergencial decorrente da pandemia do coronavírus deixe de existir ou, da mesma forma, prorrogados até o limite de 12 meses.

*Assessoria de Comunicação - Prefeitura São João Batista.