quarta, 13 de dezembro de 2017

Notícia

Lacres de alumínio podem ser transformados em cadeira de rodas

O objetivo do projeto é realizar uma campanha socioambiental além de desenvolver uma cultura ao cuidado com o meio ambiente, com consumo consciente e despertar o lado solidário das pessoas.

Conforme explica a professora Sonia, o manuseio do lacre é mais simples e ocupa menos espaços para armazenar do que as latinhas. 30 mil lacres cabem em cerca de 10 garrafas pets de 2 litros e equivalem a quase mil latinhas de alumínio. A liga de alumínio do lacre tem teor de magnésio maior do que a latinha.

– Passando pelo pedágio vi uma plaquinha onde eles pediam a doação de lacres, aí pensei em fazer na escola. Estamos trabalhando neste projeto desde maio e aproveitamos também para trabalhar com os alunos praticamente todas as disciplinas. Nosso objetivo é conseguir as 140 garrafas pet cheia de lacres até novembro – Destaca a professora.

Os alunos também aprovaram o projeto e estão engajados no objetivo de coletar os lacres. Este projeto também será apresentado na Feira do Conhecimento. As pessoas que tiverem interesse em ajudar os alunos, podem estar levando os lacres até a escola, afinal uma pequena atitude representa muito.