×

REGIÕES

Curitibanos Frei Rogério Ponte Alta do Norte São Cristovão do Sul São João Batista

NOTÍCIAS

Esporte Fique Ligado Segurança Santa Catarina Brasil
Dirigindo no Via

Instalar acessórios eletrônicos exigem cautela para evitar danos

Personalizar o carro, deixar  do seu jeito, com mais conforto e certas facilidades, a eletrônica está cada vez mais presente, porém é preciso ter cautela.

O sistema elétrico de um veículo é desenvolvido conforme a finalidade de  modelo, bem como o pacote de itens eletrônicos de série ou opcionais que o veículo será configurado pelo fabricante. Nisso é definido a tamanho, capacidade da bateria, amperagem do alternador e capacidade de carga dos mesmos.

Ao adicionar acessórios elétricos, ou eletrônicos é importante ter cautela, pois cada equipamento consome energia, ou seja, os itens mencionados acima não foram desenvolvidos para receber mais fontes consumidoras de eletricidade.

Sistemas de som, com amplificadores de alta potência, alto-falantes, centrais multimídia, DVD, caberá de ré, sensor de estacionamento, levantador automático dos vidros, fiação de maior espessura, tudo isso consome e acaba sobrecarregando todo o sistema.

Alarmes, vidros, travas elétricas, estes por exemplo consomem energia mesmo com o automóvel desligado, parado ou fechado.  

O alternador desse automóvel que não saiu de fábrica com esses opcionais, tem capacidade limitada de carregar a bateria por completo. A bateria será mais exigida, pois na continuidade do uso desses equipamentos, não receberá de volta a carga na sua totalidade, até chegar ao ponto da mesma de “arriar”.  

Quanto mais isso acontece, a bateria é exigida cada vez mais, o alternador não dá conta de alimentar todo o sistema com a tensão correta, já que a bateria está trabalhando mais fraca. Também será mais exigida a correia do alternador. Componentes como lâmpadas, eletro-ventilador (ventoinha) do motor, motor de arranque e até o sistema de injeção eletrônica terão o funcionamento comprometido, o que não é nada bom para o carro.

Comentários

Carregando do Facebook...
Vídeos da Semana

Vacinação contra a Covid-19 de crianças de 5 a 11 anos com deficiência ou comorbidades

18/01/2022

Com aumento de casos de Covid-19, prefeitura reorganiza atendimentos

06/01/2022

Últimas Notícias