×

REGIÕES

Curitibanos Frei Rogério Ponte Alta do Norte São Cristovão do Sul São João Batista

NOTÍCIAS

Esporte Fique Ligado Segurança Santa Catarina Brasil
Dirigindo no Via

Ford deixa o Brasil, boas lembranças e um legado

Não poderia deixar de falar da Ford, que foi notícia nas últimas  semanas o fechamento da fábrica centenária fundada em 1919.

Primeiramente porque sou Fordista de nascença, cresci em carros Ford, marca que sempre foi o carro da família. Corcel, Escort, F-1000 e F-250, que habitaram a garagem do meu pai e meu tive Escort e ainda tenho Corcel.

Saudades a parte, a interrupção da produção de automóveis e o fechamento das fábricas no Brasil pegou todos de surpresa, proprietários e seguidores da marca ficaram órfãos. Pior ainda para os mais de 5000 colaboradores, pais, mães de família, trabalhadores que de uma hora para outra se viram sem o seu ganha pão. Especulação, jogada política, qual o motivo da Ford interromper a produção aqui?

 

Acontece que, nos EUA, a produção da Ford é focada em grandes e potentes picapes de luxo. A F-150 é o carro chefe, pode se dizer que “se vende sozinha”. Na cidade ou no campo, a lazer ou a trabalho, a preferência dos norte-americanos pelo modelo é quase que total. A demanda no ponto alto faz as fábricas trabalharem 24 horas em época de picos de venda.

E aqui no Brasil? O que mais vende são carros populares, de baixa cilindrada, econômicos, com acabamentos opcionais de nível inferior aos apresentados lá. Jamais veremos um morador do Texas, por exemplo, chegando em seu rancho a bordo de um Fiesta ou Ka. Nada contra esses modelos, me refiro à cultura de cada lugar e obviamente a condição monetária, bem desigual.

Aqui no Brasil, se cultuam os modelos populares, onde as opções de marcas e fabricantes é ampla. Sendo assim, a concorrência é grande, agora com montadoras chinesas que estão chegando, além das francesas. Há pouco mais de 20 anos, tínhamos no Brasil Fiat, Ford, GM e VW a concorrência que já era grande  e agora fica mais acirrada com a diversidade de marcas e uma infinidade de opções de modelos à espera do consumidor.

Construiu uma cidade
Henry Ford foi audacioso a ponto de fundar uma cidade, no início do século passado, em 1928 foi fundada Fordlândia, um distrito do município de Aveiro, estado do Pará, com mais de 14 mil quilômetros quadrados de extensão. A ideia era cultivar seringueiras, para produzir látex e ter sua própria fonte de borracha sem ter que depender dos europeus. A moderna cidade nos padrões americanos tinha hospital, cemitério e até campo de golfe e era proibido o consumo de álcool naquele local. A cidade sucumbiu após o cultivo do látex não ter vingado e hoje a cidade em sua maior parte é ruinas.

Deixarão saudades os modelos Corcel, Belina, Maverick, Galaxie, Landau,Jeep, Rural,  Del Rey e Escort este que teve versão conversível,  Verona, Focus, Ka, Fiesta, Ecosport Mondeo, Edge e Fusion. As Picapes F1, F100, F1000, F250 e seus derivados, além da Pampa e Courier e claro de toda linha de caminhões que foram sinônimos de qualidade e robustez, assim como o restante da linha Ford.

Comentários

Carregando do Facebook...
Vídeos da Semana

Vacinação contra a Covid-19 de crianças de 5 a 11 anos com deficiência ou comorbidades

18/01/2022

Com aumento de casos de Covid-19, prefeitura reorganiza atendimentos

06/01/2022

Últimas Notícias