terça, 22 de outubro de 2019

Notícia

Foto: Divulgação.

Câmara aprova Cavalo Campeiro como símbolo de Curitibanos, agora o projeto segue para sanção do prefeito

O município de Curitibanos atualmente possui três símbolos oficias, o brasão, a bandeira da cidade e a bandeira do Contestado. Com a aprovação em segundo do turno que ocorreu na sessão desta quinta-feira (03), o Cavalo Campeiro pode passar a ser oficialmente um símbolo do município. Na Câmara de Vereadores o projeto foi aprovado por unanimidade, agora falta a sanção do prefeito.

Durante a edição da Feira do Conhecimento deste ano, promovido pela Secretaria Municipal de Educação, os alunos do 5° ano da escola Alírio Luiz de Almeida do bairro São José, apresentaram o Cavalo Campeiro como projeto que foi o campeão desta edição. Após todo o estudo que foi levantado pelos alunos orientados pela professora Marilene Dacol, surgiu o interesse de solicitar que esta raça de cavalo que faz parte da história da cidade, se tornasse símbolo do município.

O projeto foi apresentado pela vereadora Vilma Fontana (MDB) e foi aprovado por unanimidade nas duas votações. Como o projeto altera a Lei Orgânica do município era necessário ser votado duas vezes. Agora como está aprovado, depende apenas da sanção do prefeito para passar a ser oficialmente um símbolo de Curitibanos. Um monumento do Cavalo Campeiro deverá ser construído na entrada da cidade próximo ao Parque Pouso do Tropeiro, mas ainda não se tem prazos para esta obra.

 

Cavalo Campeiro o Marchador das Araucárias

De acordo com a vice-presidente da Associação do Cavalo Campeiro, Camila Ceratti de Almeida, o primeiro registro da raça foi feito em Curitibanos. Para preservar a raça foi criado em 1976 a Associação Brasileira dos Criadores de Cavalo Campeiro (ABRACCC), pelo principal criador do Cavalo Campeiro em Curitibanos, Ivadi Coninck de Almeida.